Sobre acessibilidade web e alt tags #acervoacessível

Sempre quando estou ensinando alguém sobre conteúdo de websites dentro da consultoria de SEO eu comento da importância de usar as Alt Tags para descrever a imagem, porque isto é usado pelos leitores de tela, que são equipamentos ou aplicativos usados por pessoas com problemas de visão, para descrever a imagem.

Muitas vezes eu falo para tentarem incluir palavras-chave para dar maior relevância a estas e tal, mas o mais importante é realmente descrever a imagem da maneira mais correta possível, como forma de permitir que as pessoas que tenham problemas de visão possam ter uma experiência completa com o conteúdo da página visitada.

Mas isso sempre ficou aquela situação tipo “ah, mas é chato ficar descrevendo todas as imagens de uma página” e, no fim, acaba não implementando esta boa prática. Ok, eu também não faço isso sempre =/

Mas, eu vi uma coisa muito interessante num grupo de gif animados no Facebook, o “Acervo de Gifs e Imagens Chiques” : uma pessoa cega publicou um post justamente pedindo para as pessoas descreverem o conteúdo para ele também poder dar risada do conteúdo, caso contrário ele não conseguiria.

post-pedindo-descricao-das-imagens-no-facebook

Eis que após este pedido, quase todas imagens e gifs publicados vieram acompanhados de sua descrição e do uso da hashtag #acervoacessível. E ainda por cima, as que não trazem esta descrição o pessoal cobra:

 

pessoa pedindo a descrição  do gif publicado

Confesso que fiquei bastante feliz com a adesão, e pelo que parece, todo mundo curtiu a ideia, inclusive depois de um tempo o próprio autor do pedido  publicou um post comentando sua felicidade e agradecendo a adesão:

" confesso que fiquei positivamente surpreso com a adesão, não esperava tanto, muito obrigado pelo espaço e pela abertura. Agora é fazer da acessibilidade um hábito <3

E é nessas pessoas que temos que pensar também quando fazemos o nosso projeto, seja website, aplicativo, ou qualquer coisa do g. êneroTemos que permitir que às pessoas com problemas de visão uma experiência completa com nosso conteúdo. E o uso de Alt Tags nos websites serve muito mais para isso do que “para o SEO”.

 

O ponto chave é: “Agora é fazer da acessibilidade um hábito”

Para ler o post completo do Sidney, e ver a reação das pessoas, clique aqui

Publicado em outros