SEO Inhouse vs Consultoria v2

Quando entrei na Catho, escrevi um post falando sobre minhas expectativas em trabalhar como Coordenador de SEO internamente numa empresa. Agora escrevo as “segundas impressões”, depois de passar 4 anos trabalhando internamente.

O lado pró de Inhouse SEO

Muito daquilo que eu previa realmente aconteceu: conseguimos dar maior visibilidade e conscientização do trabalho da equipe de SEO aos demais departamentos da empresa e conseguimos (fomos uma equipe de 3 SEO´s) trabalhar de maneira muito alinhada com as equipes responsáveis pela manutenção/administração do site. Ou seja, sempre que designers, Usabilidade, programadores, redes, geradores de conteúdo ou até mesmo equipes de marketing iam fazer alguma coisa, nós conseguíamos colocar nossas observações e orientações para o bom desempenho do projeto.

Conseguimos também participar e implementar projetos de comunicação e também link building bastante importantes, como o lançamento do portal Carreira e Sucesso e outras ações como infográficos e link Building “gray” hat (quem não fez?).

Não posso negar que foi muito interessante o trabalho que a equipe de SEO conseguiu desempenhar dentro da organização.

Os contras do trabalho inhouse de SEO

Porém, com o passar do tempo muitas outras sugestões que deveriam ser implementadas não ganhavam a tal da prioridade da fila dos afazeres do pessoal de programação. Os pedidos de SEO “concorriam” com pedidos como correção de bugs do sistema, novas funcionalidades para assinantes, novos produtos lançados, alteração de campanhas, implementação/correção/alteração de métricas internas do negócio. Enfim, uma porrada de coisa.

Alguns devem ter visto um video em que comparam a administração de um negócio online à construção de um avião em pleno voo:

Ou seja, esta situação é bastante comum nas empresas, principalmente nas que usam muitos dados e são na internet.

O que começou a acontecer é que com o tempo, eu comecei a sentir que o mercado de SEO estava evoluindo e eu estava ficando um pouco para trás, já que continuava lendo a respeito, mas não conseguia fazer muitos testes e analisar resultados e formar minha opinião. Com isso, senti saudades da época em que trabalhava com diversos  projetos paralelamente em mercados e tecnologias diferentes.

Na verdade, este tipo de problema, a falta de prioridade acontece em qualquer lugar, mas em consultoria enquanto um está parado, o outro está sendo implementado e naquele você já está colhendo resultados. E assim por diante.

Fora também que tendo diferentes clientes, o networking aumenta por você ter contato com diferentes equipes e profissionais. Sempre achei esta parte muito interessante.

Lógico que isto varia de profissional para profissional e acontece em quase todas as áreas de trabalho: uns preferem trabalhar numa empresa por anos e outros preferem como agência ou consultoria.

Então acabei voltando a prestar consultoria, agora não só de SEO, mas querendo ajudar também projetos de empresas menores ou startups, já que tem muita coisa a ser feita e um mercado bastante grande

Publicado em Marketing Digital Blog